Simule seu investimento em mogno africano AGORA

Muitos investidores têm dúvidas sobre como comercializar o Mogno Africano. Por isso, descubra quando é o melhor momento desse ato

Muitos investidores têm dúvidas referentes à comercialização do Mogno Africano, por isso neste artigo vamos apresentar a melhor hora para comercializar a madeira, quem são os principais compradores e o uso dessa matéria prima para produção de produtos finos de alto padrão.

Todo investidor quer saber quando terá o retorno do capital aplicado. Em relação ao cultivo de florestas, o retorno financeiro é baseado no ano de corte das árvores. No caso do Mogno Africano, podemos afirmar que a espécie atinge a maturação biológica entre 13 e 15 anos, podendo ser comercializada a preços vantajosos no mercado a partir dos 18 anos, uma vez que terá toras mais robustas e com maior diâmetro. A qualidade da madeira será resultado do manejo realizado antes, durante e após o plantio.

Sabemos também que quanto maior o tempo de plantio, maior a espessura da tora e maior o valor para comercializar o Mogno Africano. Por isso, não há pressa para o corte final do plantio, sendo possível aguardar o melhor momento do mercado financeiro para fazer a venda.

Ademais, antes da floresta alcançar a idade ótima de corte, são realizados os desbastes para a melhor continuidade dos indivíduos dominantes. As madeiras oriundas desses desbastes também podem ser comercializadas, porém a preços reduzidos devido a espessura da tora e finalidade comum.

 

 

Quem compra mogno africano?

O Mogno Africano é uma madeira nobre, ou seja, possui beleza e alta resistência, sendo utilizada em construção civil e produtos finos. Existem compradores no Brasil, porém o maior valor de venda é por meio da exportação para o mercado norte americano, europeu e chinês.

Na Europa existem associações que se organizam em vários compradores. A carência pelo material é muito grande e existem barreiras em relação a aquisição de produtos tropicais oriundos de extração. Assim, eles procuram madeiras produzidas por florestas plantadas e com certificação. Só na Alemanha, são consumidos mais de 12 bilhões de euros em madeira sólida, colocando a Europa como o maior centro consumidor da matéria prima de madeira dura tropical.

Com este mesmo cenário existe a China que possui empresas que absorvem a madeira bruta, processam e repassam para outros mercados da Europa, Estados Unidos e Canadá. O principal exportador de madeira bruta para a China é a Austrália que possui uma intensa produção na região savânica.

No Brasil, o consumo da madeira tropical deve alcançar 20 milhões de metros cúbicos até 2030 e no atual momento a produção é de aproximadamente 10 a 11 milhões de metros cúbicos. O valor dessa matéria prima em todo o mundo cresce frequentemente, principalmente devido a escassez e o aumento da demanda do mercado.

 

 

Como atingir bom preço na venda da árvore?

Para tingir bom preço no momento da comercialização do mogno africano é necessário ficar atento a todo planejamento de plantio. A madeira de qualidade atingirá valores melhores e para obter essa qualidade é necessário o manejo adequado em todo processo de plantio (leia mais aqui).

Além do manejo adequado, é necessário se atentar a a outras questões como o volume a ser comercializado, a regularidade da entrega, a localização do plantio e a escolha do mercado para a venda final.

O volume a ser comercializado e a regularidade na entrega são fatores de decisão no momento de fechar um contrato de comercialização, uma vez que o mercado necessita de uma continuidade no fornecimento da matéria prima. Assim, é importante ter um plantio em de grande quantidade ou plantar em polos florestais para que em conjunto com outros investidores possam oferecer a regularidade necessária.

A localização do plantio também faz diferença no valor a ser comercializado. Realizar um plantio em um local de fácil acesso, facilita o manejo e também o escoamento da madeira para a comercialização, reduzindo o custo com transporte.

Por fim, na escolha do mercado é preciso ficar atento às vantagens e desvantagens dos consumidores a nível local, regional, nacional e internacional. É sabido que o mercado internacional oferece os melhores preços, além da segurança financeira de não estar ligado à moeda nacional, porém é necessário investir no manejo para uma madeira de qualidade e em toda certificação necessária para a exportação.

 

 

O uso em produtos finos

O uso do Mogno Africano em produtos finos de alto padrão já é uma realidade no mundo todo. Já escrevemos em outros artigos sobre o uso do Mogno Africano em produtos finos (leia mais aqui). Mas para relembrar podemos falar do Piano de Calda da F228, produzido pela Fazioli. Neste piano, foi utilizado uma parte valiosa da árvore de Mogno Africano, a chamada ‘capela’.

piano em Mogno Africano

 

Podemos citar também o helicóptero sikorsky S76-B, um dos modelos mais luxuosos do mercado que possui o acabamento interno em Mogno Africano.

 

Helicoptero em Mogno Africano

 

Outro exemplo é o modelo de barco Gage-Hacker after 3 produzido pela Van Dam com madeira de Mogno Africano, com valor de aproximadamente US$240.000,00.

 

Barco em Mogno Africano

Além desses, existem muitos outros produtos produzidos com a madeira. A beleza e durabilidade oferecido pelo Mogno Africano atrai consumidores dos mais diversos mercados e apreciadores da indústria moveleira.

 

 

O comércio do Mogno Africano

A procura pela madeira do Mogno Africano tem crescido nos últimos tempos e o plantio tem se tornado cada vez mais viável. O resultado da floresta, não vem de uma aposta, mas sim da força da natureza somada ao tempo.  A beleza e durabilidade da madeira favorecem a comercialização da espécie para grandes países consumidores.

Se a dúvida era sobre as tendências de mercado e comercializar o Mogno Africano, podemos concluir o consumo está em alta e continua em expansão. A exportação da madeira é uma das formas mais concretas de obter bons retornos financeiros e plantar em conjunto com outros investidores pode ser uma boa alternativa para facilitar a comercialização final do produto.

 

Quer saber mais sobre investimento em Mogno Africano? Entre em contato com um de nossos atendentes.

FAÇA UMA SIMULAÇÃO DE INVESTIMENTO